30 de dez de 2007

O PIOR DA MPB 2007 - 10

"Eu gosto do claro quando é claro que você me ama
Eu gosto do escuro no escuro com você na cama
Eu gosto do não se você diz não viver sem mim
Eu gosto de tudo, tudo o que traz você aqui
Eu gosto do nada, nada que te leve para longe
Eu amo a demora sempre que o nosso beijo é longo
Adoro a pressa quando sinto sua pressa em vir me amar
Venero a saudade quando ela está pra terminar
Baby, com você já, já"

Lugares Proibidos (intérprete: Helena Elis)

Nossa Senhora!!! Tá difícil de decidir quem leva o troféu abacaxi 2007....

26 de dez de 2007

O PIOR DA MPB 2007 - 9

"A sorte está lançada
Jogou a âncora pra nada
A gente acha que tudo
Se resolve de uma vez

E de qualquer maneira
Seja num dado ou numa cartada
Quem a gente quer
Nem sempre se resolve de uma vez"

Nunca Desista do Seu Amor (Rodrigo Santos)

Seja num dado ou numa cartada?!?! Afe!!!

O PIOR DA MPB 2007 - 8

"Você faz tudo que eu quero fazer
E eu sou tudo que você quer ser
Seu ar é fumaça
O meu ar é o que passa"

Parei pra te ver (Penha Pinheiro)
Composição: Laura Campaner / Luiza Gimenez

O pior é que eu sei que a Penha batalhou pra caramba pra conseguir ter uma música tocando no rádio, mas I'm sorry... "seu ar é fumaça, meu ar é o que passa" é demais!

O PIOR DA MPB 2007 - 7

"Me abracei em suas roupas no armário
Todas elas têm o teu cheiro
(...)
De repente o telefone toca
De um susto a princípio, num impulso, eu quase atendi
Aí eu me pego ao passado que se acabou
A secretária dispara, eu ouço a voz sua.
É para você, é outra pessoa procurando você
E pelo recado eu vejo que você já está em outra
Já está em outra ah, ah!
Melhor eu ir embora
E não esquecer de jogar as suas chaves fora ah, ah!"

Jogar as Chaves (Dejavu) - VOTO DA MARÍLIA

O ex entra na sua casa sem autorização, se abraça com suas roupas, se pega ao passado que se acabou (!!) e ainda quer atender o telefone???? Onde é que nós estamos????!!!! Pior ainda é o ahahahah que faz parte da letra. Imperdível! Não deixe de ouvir.

25 de dez de 2007

O PIOR DA MPB 2007 - 6

A ana é azeda
Mas é doce quando é doce
A ana é azeda
Mas muito doce quando é doce


A Ana (Ana Cañas / Alexandre Fontanetti)

no comments...

21 de dez de 2007

O PIOR DA MPB 2007 - 5

Quem dera ser um peixe
Para em teu límpido aquário mergulhar
Fazer borbulhas de amor pra te encantar
Passar a noite em claro, dentro de ti
Um peixe, para enfeitar de corais tua cintura
Fazer silhuetas de amor à luz da lua
Saciar esta loucura, dentro de ti


Borbulhas de Amor (Fagner) - VOTO DA JUNIA

Essa é antiga, mas maravilhosa! Imagine todas aquelas borbulhas de amor na água, hein? hahaha!

20 de dez de 2007

O PIOR DA MPB 2007 - 4

Tudo começou
Janeiro verão sol praia
Do mar você me olhou
E procurou a mais perfeita
onda
Que onda
Rolei na areia e fiquei louca
Muito louca


E quando você pensa que acabou, vem o refrão:

Tem que viver valer viver
Tem que viver pra valer
Tem que viver valer viver
Tem que viver pra valer


Tem que valer (Kaleidoscópio) - VOTO DA MARÍLIA

O Djavan vai pra praia e fica com inveja da pedra e agora isso. Acho bom mudar os planos do reveillón...

19 de dez de 2007

O PIOR DA MPB 2007 - 3

Leão, camelo, garoto, acrobata
E não há luar
E os deuses gostam de se disfarçar


O Circo (Orlando Morais - Antônio Cícero) - VOTO DA JAM

Vinda do marido da Glória, até que tudo bem, mas será verdade que a Betânia gravou isso?!?!?!

O PIOR DA MPB 2007 - 2

Tudo que eu penso
de tudo aquilo que não venço
eu quase sempre estou propenso
a achar que você é tudo

Este é o momento
de por em jogo e em movimento
na forma do meu pensamento

Você é todo o conteúdo
É tudo, é tudo, é tudo
do meu meu pensamento
é o conteúdo


Completo Conteúdo (Klebi Nori)

Klebi, Klebi... Rimas que emudecem a paulista...

O PIOR DA MPB 2007 - 1

Não mais a vi, desde abril,
Fui pro mar e você lá deitada na pedra
Que inveja dessa pedra


Pedra (Djavan)

Que inveja dessa pedra?? Fala sério, Djavan!

"Um instante, maestro!"

Eu costumo ouvir muito rádio no carro, pois dirijo quilômetros pra chegar ao trabalho, além de enfrentar um trânsito que paulistano nenhum merece. Nos últimos tempos, tenho reparado que as letras da MPB estão cada vez piores, músicas com um puta suingue e aquele verso horrível que te faz meter o pé no freio, mudar de estação, abrir a janela, ou colocar o primeiro CD que aparece pela frente. Há alguns versos que fariam o finado Flávio Cavalcanti tirar e pôr umas mil vezes os pesados óculos pretos, levantar da tumba e voltar aos palcos com seu “Um instante, maestro!” pra quebrar em pedacinhos os CDs de alguns brilhantes compositores que andam por aí. O pior é que esse fenômeno de emburrecimento poético não está concentrado nos autores novos, desconhecidos, mas ocorre, inclusive, com artistas consagrados.
Resolvi, então, iniciar a série: “O PIOR DA MPB 2007”. Não importa se você gosta do intérprete, compositor, ou se a música é até legal e boa de dançar: estamos falando da letra – ou daquele trechinho – que é uma droga.
Acompanhe as pérolas e mande seu voto!

13 de dez de 2007

Insensatez

Escapa por entre dentes, subtraída de gestos, gostos, restos
deleita-te sozinha em meio ao risco do meu veto.
Amarga, enfim, o negro árido e insensato do teu gosto e
proferida
cala o medo do desejo surdo que te ecoa.

23 de out de 2007

Simples assim 10

Trabalho é uma coisa que você precisa e está sempre em falta. Quando aparece, vem em dupla e você tem que recusar um. Que nem festa.

18 de out de 2007

Simples assim 9

Mágoa é aquilo que você sente quando pensa em alguém que levou embora o brilho dos teus olhos.

17 de out de 2007

Simples assim 8

Morte é uma puta sacanagem que a vida faz com a gente.

21 de jun de 2007

Simples assim 7

Memória é algo que te habita, mas vai embora na hora em que você mais precisa dela.

14 de mai de 2007

Simples assim 6

Lembrança é algo que te puxa pra trás quando você pensa que já pode seguir em frente.

24 de abr de 2007

Simples assim 5

Mentira é aquilo que você diz quando acha que a verdade vai te deixar com vergonha e que, depois, te deixa com mais vergonha ainda.

17 de abr de 2007

Simples assim 4

Saudade é um olhar que se perdeu num tempo que já não é mais.

16 de abr de 2007

Simples assim 3

Medo é uma falta de certeza muito grande que nos toma por inteiro e deixa nossa coragem doente.

14 de abr de 2007

Simples assim 2

Desencanto é olhar pra dentro e ver que a flor que você plantou no peito secou antes de abrir.

12 de abr de 2007

Simples assim 1

Tristeza é um sabor amargo que dói o peito e fecha a boca do estômago com uma pedra só, mas tamanho G.